Resistir é preciso….As revoluções assim como os incêndios começam como pequenas chamas. Elas se alastram e no fim tomam toda a floresta. Sejamos a chama. Sejamos a esperança. Sejamos a força e a coragem que falta à maioria de acovardados e deprimidos. Os que esperam bons ventos em meio a uma tempestade mas tem medo de remar. Que rezam ao invés de agir.

Além dessa violência gratuita da cavalaria da PM Temer ainda em decreto emergencial convocou o Exército. Uma excrescência que nos remete aos tempos sombrios da ditadura. A duração da intervenção deveria durar de 24 de maio a 31 de maio de 2018, mas diante do clamor popular e dos protestos das esquerdas no Congresso indignadas com esse abuso autoritário e que fere os princípios de atuação constitucional de atuação do Exército Brasileiro, Temer de forma ridícula, como ridículo e obscuro tem sido o seu governo instalado através de um golpe parlamentar, cancelou a medida em menos de um dia. Uma inconteste demonstração de fraqueza desse governo moribundo rejeitado por ao menos 95% da povo.