Depois da delação e gravação cinematográfica dos áudios contendo as conversas de Temer e Joesley Batista, um dos donos da JBS, Temer está mais prá lá do que prá cá. Tentando se defender do indefensável foi a TV por duas vezes. Contratou um “perito” para encontrar fragilidades nos áudios e outras artimanhas. A realidade é que trata-se de um governo nocivo e vendido. Um governo com quase a totalidade de seus staff de ministros e apoiadores envolvidos em inquéritos e processos das mais diferentes falcatruas. A seu lado ainda permanece o PSDB, PP e outros partidos que se servem do poder. A qualquer momento eles partidos podem pular fora dessa canoa furada, que nem ao “capital” agradou com o fracasso de suas propostas de retomada da economia, chamada Temer. Um governo prá lá de impopular e moribundo.

Esperamos como brasileiros que esse pesadelo chamado des-governo temer acabe logo e que se instale o processo de eleições Diretas para a escolha do seu sucessor. Um líder que possa reconstruir uma nação destroçada economicamente e dividida até as entranhas por um ódio burro entre irmãos.